Um ano novo está prestes a começar e é natural que novas metas também comecem a ser estabelecidas. Muitas dessas metas, porém, não dependem apenas de força de vontade, mas de dinheiro. E neste caso é ainda mais necessário iniciar desde agora um planejamento.

Planejamento, aliás, é palavra-chave para Daniele Costa, mentora e fundadora do portal Plataforma da Vida. Quando se trata de estabelecer e cumprir metas, ela destaca a necessidade de se ter clareza, foco e consciência.

“Na construção das metas existem algumas perguntas que podem fazer toda a diferença. Se você escolher e desenvolver essas metas sua vida estará melhor ou pior? O que de pior pode acontecer se você não conseguir realizá-las? A partir dessas perguntas é possível definir os propósitos e eventuais frustrações”, explica.

Para te ajudar na missão de realizar suas metas que dependem das finanças, separamos algumas dicas essenciais que você pode colocar na agenda de tarefas desde já.

Lembrando que a idade não é um fator que limita a criação de metas e prioridades. Falar sobre dinheiro no processo de envelhecimento é essencial para a criação de autonomia e também da Longevidade Financeira. Portanto, a falsa ideia de que "já estou velho demais para isso" não se aplica quando o assunto é pensar em metas. Aliás, não deveria se aplicar em momento algum.

Para realizar suas metas, comece priorizando

Dinheiro não nasce em árvore, mas muitas vezes as pessoas tendem a achar que sim. Ou seja, elas esquecem de priorizar o que realmente é importante e gastam além da conta. 

Em muitos momentos, até acham que não conseguem realizar os sonhos por falta de dinheiro. Porém, a verdade é que o dinheiro está indo para coisas que elas nem sabem o que são.

Reflita a respeito: quanto você tem gastado com aplicativos de delivery ou transporte, por exemplo? Há coisas que estão consumindo parte do seu orçamento e nem são tão importantes assim?

Além de planejamento, a palavra-chave a se colocar no dia a dia é “prioridade” e ela varia de pessoa para pessoa. 

Objetivos principais devem estar no topo da lista

Vamos a um exemplo. Se neste novo ano você tem como meta fazer uma viagem com sua família ou mesmo realizar uma reforma em casa, essas devem ser as prioridades da sua lista.

E, para priorizar, comece entendendo a lógica do uso do seu dinheiro. Anote os gastos por pelo menos um mês e avalie se não está gastando demais. A organização na vida e nas finanças é fundamental para quem quer realizar as metas.

Segundo Daniele, a desorganização muitas vezes faz com que as pessoas direcionem energia para diversos lugares e situações ao mesmo tempo, levando à ausência de foco e gerando sobrecarga. O que vale também para a desorganização financeira, já que, neste caso, o dinheiro acaba sendo direcionado para lugares sem propósito.

Além de priorizar as metas, a mentora também sugere a construção de mapas mentais que ajudem a dar transparência ao que está acontecendo e o que precisa ser mudado.

Pessoa calculando quanto custa realizar suas metas

Crédito: Towfiqu Barbhuiya/Unsplash 

Veja quanto precisa para realizar os objetivos

Tendo em mente que é preciso planejar e priorizar, afinal nem sempre dá para se ter tudo ao mesmo tempo, é preciso saber exatamente quanto custa para realizar cada meta estabelecida e em quanto tempo. 

Por exemplo, se você deseja fazer a tal viagem nas férias de dezembro, em 2023, precisa saber quanto terá que ter de dinheiro para bancá-la e quanto terá que juntar a cada mês para chegar neste valor. 

Suponha que ela custe R$ 2 mil. Talvez pensar em dispor desta quantia de uma só vez para realizar a viagem possa parecer muito. Mas, e se fosse em 12 vezes de R$ 166? E, ainda, se esse valor pudesse ser dividido mensalmente com mais alguém?

Percebeu como poderia ficar mais simples? Neste caso, bastaria que você e suas família se comprometessem a guardar cerca de R$ 80 reais durante os meses anteriores. 

Corte gastos desnecessários desde já ou vá atrás de um extra

Finalmente, ao definir suas metas, priorizar o necessário e saber quanto custará para realizá-las, será hora de fazer cortes no orçamento ou ir atrás de um extra caso precise. 

Pense bem. Você realmente usa todas as assinaturas que paga? Ou precisa de um plano mais caro de celular? Ou, ainda, vem pagando anuidade de cartão de crédito à toa?

O mapeamento das despesas que sugerimos anteriormente vai mostrar uma série de gastos que podem ser cortados ou substituídos para que você consiga chegar mais próximo de suas metas. 

E, se não der para cortar nada, pense de que forma poderia ganhar um dinheiro a mais em 2023 para juntar o que é necessário. Vale desde fazer bolo para fora por um certo tempo até dar aulas particulares ou cuidar dos pets da vizinhança! O importante é ser flexível e ter foco. 


Para te ajudar a colocar os sonhos na planilha e torná-los mais próximos da vida real, baixe nossa planilha de sonhos e faça os cálculos necessários.

Planilha de Realização de Sonhos

Quer comprar uma casa, um carro ou fazer uma viagem inesquecível? Tire seus sonhos do papel com a nossa planilha GRATUITA!

Livro


Leia também:

Organização financeira em dia: comece 2023 com o pé direito e sem dívidas

Quer alugar um imóvel em 2023? Confira os cuidados necessários

Estímulos criativos e a sua importância na vida e na socialização dos 50+

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: